Barão de Cocais - Um convite à mineiridade

18 comments














Barão de Cocais é uma bucólica cidade mineira de 24 mil habitantes, há 93 km de Belo Horizonte e repleta de atrações naturais, como cachoeiras, sítios arqueológicos e mata lindíssima. Faz parte do percurso da Estrada Real e apesar de sua grande beleza, recebe um número insignificante de turistas, devido principalmente ao escasso investimento em marketing turístico.

O município foi fundado em 1704 e em 1943 recebeu o nome de Barão de Cocais em homenagem a José Feliciano Pinto Coelho da Cunha, um dos comandantes da Revolução Liberal de Minas que chegou a ser aclamado presidente interino da Província de Minas Gerais.

Durante todo o século XVIII e parte do XIX, o local teve sua atividade baseada na mineração. Um fascinante testemunho desta época é o sítio arqueológico de Congo Soco. Comprada pelos ingleses no século XIX, a localidade da Mina do Congo Soco se transformou em uma vila britânica nos trópicos, possuindo hospital, capela e cemitério particular. O conjunto das ruínas de Congo Soco é tombado pelo Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico desde 1995 e tal como este, Barão de Cocais possui outros bons exemplares. Outro deles é a portada da Igreja Matriz de São João Batista, onde está uma bela escultura do santo de mesmo nome executada pelo mestre do barroco mineiro Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho.


Uma boa dica de passeio na cidade é o Distrito de Cocais, onde é possível encontrar um verdadeiro oásis escondido na mata, a Cachoeira Cocais, que pode ser alcançada por uma longa trilha (que parece até ser encantada, de tão bonita). Ela possui dez quedas d’água que descem de uma montanha de pedras com mais de 30 m de altura, proporcionando um espetáculo maravilhoso. Os saltos formam duchas naturais e uma grande piscina que proporciona banhos gostosos e momentos aprazíveis. A caminhada é pesada para quem não está acostumado, com subidas e descidas íngremes em 80% do percurso, totalizando aproximadamente 13 km.

Outra opção para o ecoturismo são os Campos do Garimpo, que têm uma vista de seis cidades próximas e onde ficam os picos de Água Limpa, do Cume e a nascente do rio que banha o município. Uma atração imperdível é a Pedra Pintada, onde podem ser apreciadas algumas pinturas rupestres de mais de 5 mil anos.


Para quem deseja uma viagem no tempo, uma sugestão é começar o passeio desde Belo Horizonte na estação ferroviária, pegando o trem BH-Vitória até a estação Dois Irmãos, em Barão de Cocais. A viagem é lindíssima e dura cerca de 2 horas. No trajeto pode-se observar a verdadeira cultura interiorana mineira, além de paisagens deslumbrantes: cachoeiras, montanahas, mata nativa, povoados perdidos em meio à imensidão e, infelizmente, até mineradoras gigantescas, como a Vale do Rio Doce e a MBR.


A gastronomia do lugar é tipicamente interiorana, mas há um local interessantíssimo, a Pousada das Cores, que alia a gastronomia internacional à mineira. Assim, pode-se degustar no local pato ao molho de laranja com ora-pro-nobis, purê de mandioca com maçã, galinha ao molho pardo com gengibre, dentre muitos outros. A pousada também é um capítulo à parte: seu proprietário, um jornalista que passou a vida viajando pelo mundo, é um contador de histórias. São muitos e muitos capítulos que colecionou ao longo de suas viagens, com enorme riqueza de detalhes. Além disso, há fotografias belíssimas espalhadas por toda a pousada.

Todo o passeio pode ser feito em único dia, começando às 7 da manhã, horário que parte o trem, até as 20 horas, quando retorna-se à capital mineira após um dia exaustivo, mas gratificante!

18 comentários:

Mile disse...

Que lindo o lugar, eu amo tudo relacionado a natureza, é minha fonte de energia.
Bjoks

jose disse...

sou desc de jose feliciano pinto coelho cunha ;o barão de cocais

Claudio Costa disse...

Já fiz esta mesma viagem, algumas vezes. A paisagem é belíssima, montanhas que se sucedem, riachos que despencam rumo aos vales. Uma coisa me chocou: a quantidade de mineradoras, retirando as entranhas das nossas minas... Quanto ao lugarejo Cocais e à cidade Barão de Cocais, são típicos do interior, principalmente a vila de Cocais. Conheço também a Pousada das Cores, donde trouxe farinha de lobeira e umas compotas. Tudibom, como se diz.O melhor, entretanto, fica 20 e poucos quilômetros à frente: a Serra do Caraça!!!

Helena Rezende disse...

Muito bom o seu blog...como mineira gostei de rever Minas.
Boa sorte,
Helena Rezende

Liz Emília disse...

Olá. Seu Blog é bem legal.Vc esteve em Barão de Cocais e Catas Altas, e Santa Bárbara??? Fica tão perto.
Sugiro que você conheça Angra dos Reis - RJ, é um belíssimo lugar também.

Thiago disse...

Parabens pelo trabalho.
Sou mineiro de carteirinha, e adoro viajar. Tenho uma vontade muito grande de conhecer cocais, e depois de ler o seu texto, tenho certeza de que em breve estarei lá.

Continue divulgando os lugares por onde vá, é assim que vamos conseguir que todos tenham oportunidade de aproveitar o que existe de lindo e pronto no mundo.

Abraço,
Thiago Rosental.

Leticia disse...

Nossa que legal!
Este lugar ainda não conheço!
ótima dica a ida de trem...
parece ser lindo!

Júlio César disse...

Lugar sensacional !!!
Qto á forma de relatar as belezas: Você está de parabéns !!! Confesso que fiz uma viagem de forma virtual, mas, com a maior realidade possível.
Com certeza em breve estarei em Barão de Cocais.
Bjaum...

Anônimo disse...

Adorei o blog,como um pé de pomba fico feliz de ver reportagem sobre minha cidade.Existem lugares maravilhosos em barão como disse,acho tbem q falta investimento na parte do turismo,algo muito cobrado na cidade.Hoje moro em São Jão del rei,a estudo,mas sempre q posso volto p minha cidade do Coração.ê Barão bom viu.Abraços

Claudia Liechavicius disse...

Acheique seu blog fosse de algum italiano. Como falo italiano fui conferir e para minha surpresa era deuma brasileira. Adorei a matéria sobre a Rússia e sua fots. Passa no meu blog www.viajarpelomundo.com É o mesmo nome do seu, mas em português. Já viajei por quase 50 países e tenho postado as matérias desde julho do ano passado para auxiliar quem gosta de viajar.
Bj
Claudia

Claudia Liechavicius disse...

Acheique seu blog fosse de algum italiano. Como falo italiano fui conferir e para minha surpresa era deuma brasileira. Adorei a matéria sobre a Rússia e sua fots. Passa no meu blog www.viajarpelomundo.com É o mesmo nome do seu, mas em português. Já viajei por quase 50 países e tenho postado as matérias desde julho do ano passado para auxiliar quem gosta de viajar.
Bj
Claudia

Anônimo disse...

Olá!
Lindo ponto de vista de Barão de Cocais. Bom motivo para estar em Barão de Cocais na próxima sexta dia 25/09/09 é o FIC- Festival Internacional de Coros, isso mesmo, com participação do Coral Infanto juvenil da Universidade de Cauca da Colômbia e Show com a Banda 14 BIS. Exposição Villa Lobos e apresentações de Corais de Curitiba, Caeté e Barão de Cocais, Família Querubins, infanto-juvenil e adulto fazem parte deste espetáculo. É o turismo Cultural. vale a pena conferir.

mariane disse...

[i]É uma cidade maravilhosa moro aki e não mudaria de cidade por nada desse mundoo!Venha conhecer Barão de Cocais e sejam todos bem vindoss ♥♥♥

Anônimo disse...

necessario verificar:)

RUAS TORTAS disse...

AH, Barão de Cocais! Fiquei feliz de ver a cidade onde passei minha infância, depois de trinta e sete anos de ausência. A matriz está lindíssima, as ruas estão muito limpas, e a cidade está em frenético desenvolvimento, cheia de verde e casas bonitas. Só falta por as mineradoras pra fora!

Anônimo disse...

Hello, i read your site, this a best site from me, thanks!

Anônimo disse...

Que agradável visitando seu blog para pesquisar sobre Quebec e encontro Barao de Cocais ! Legal ver nossa cidade sendo tão bem divulgada !

Anônimo disse...

Hello. And Bye.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...