Gallipoli

9 comments















Gallipoli continua sob o olhar atento de Ataturk

Ainda na Turquia, deixando Istambul para trás e contornando o mar de Mármara, a paisagem começa a ter um aspecto único, com milhares de campos de oliveiras ladeando a estrada. Belas praias de água azul turquesa, areia fina e vegetação mediterrânea. Sim, Gallipoli honra o nome que tem, que em grego, significa "cidade bonita".

Mas quem poderia imaginar que tamanha beleza seria palco de uma das mais sangrentas balhas do século XX? Foi em Gallipoli que aconteceu a célebre Campanha de Dardanelos, onde França e Inglaterra avançaram sobre a Turquia visando capturar o estreito de Dardanelos e consequentemente Constantinopla, durante a 1a Guerra Mundial.

Como todo leitor já sabe, Istambul, a antiga Constantinopla, está em localização super estratégica, interligando Europa e Ásia e com isso, sofre tentativas de invasão muito antes de Jesus Cristo. Em 1915 não foi diferente e durante 8 meses, entre abril e dezembro daquele ano, quase 500 mil soldados perderam sua vida tentando conquistar Istambul através do Estreito. Eram tantas balas que cruzavam o céu de Gallipoli, que muitas chocaram-se no ar, algo praticamente impossível de acontecer (veja a 14a foto acima).
.
Os turcos, sob o comando de Mustafa Kemal Ataturk - futuro presidente da Turquia, venceram os Aliados, que contavam com as forças armadas da chamada ANZAC, formada por tropas da Austrália e Nova Zelândia, países na época sob o domínio do império britânico. Após a derrota, tais países oceânicos proclamarama sua independência e ainda hoje celebram o Anzac Day, o dia mais mais importante para ambas nações.
.
Gallipolli é uma viagem quase que obrigatória para australianos e neo-zelandeses. A todo instante é possível encontrar grupos enormes de estudantes que ali chegam para conhecer mais a fundo sobre a sua própria história. Já para nós brasileiros, é um destino à mais na rota que leva para o litoral do mar Mediterrâneo, e vale uma parada para desfrutar as belas paisagens e a interessante bagagem histórica. Não deixe de contratar um guia local para explicar tudinho e não deixar nenhum detalhe para trás!

9 comentários:

Mile disse...

Interessante e belas paisagens.
Bjoks Fê

tulipa disse...

Coincidências ou não...
está na minha lista de viagens uma ida à Turquia, mas...quem sabe só em 2010 ou mesmo 2011.

O meu último post fala e mostra algo sobre o Egipto!
Fascinantes lugares, estive lá precisamente há 2 anos, Novembro de 2007.

Boa semana.
Beijo.

Gata Verde disse...

;)
De facto é uma aventura andar 3h pelo deserto e acordar às 2.15h para ver um monumento daqueles!!!
Espero ansiosa pelas tuas fotos...

Thiago Barreto disse...

Bom dia,

Sou leitor assíduo deste maravilhoso blog e há tempos indico em meu blogroll. Gostaria de indicar meu blog www.buenosairesdicas.com em seu blog?

Abraços

Fê Costta disse...

Olá Thiago!!

Quanta honra!!

Será um prazer divulgar seu blog!

Grande abraço! :)

Flora disse...

Oi Fe,
Acabei de chegar da Turquia, fiz um roteiro muito semelhante ao seu.
Já havia frequentado seu blog quando pesquisava sobre Gallipoli, que faria parte do passeio a Troia. Adorei seu blog.
Através dele decidi que valia a pena ir a um campo de batalha, pelo visual do lugar, pois não sou muito chegada a isto,e não me arrependi. Eu e minha filha eramos as únicas não australianos ou neozolandeses que estavamos no grupo e fomos muito questionadas por eles o porque de irmos para lá.
O guia turco era excelente e soube conduzir com maestria e diplomacia esta aula de história.
Vou passar sempre por aqui...
Bjs

Fê Costta disse...

Olá Flora!!

Obrigada pela doce mensagem!

Eu também adorei Gallipoli e claro, eu e minha família éramos os únicos brasileiros na excursão, que a todo tempo eram questionados pelos neozelandeses e australianos do que fazíamos ali. O meu guia era excelente, à propósito, um dos melhores que já tive por minhas andanças pelo mundo. Uma pessoa tão apaixonada pelo que fazia que conseguia nos transportar para aquela época, tamanha riqueza de detalhes que ele contava da guerra. O nome dele era Hussein e era a cara do garoto da revista MAD! rs

Volta sempre!

Beijos!

Anônimo disse...

Aprendi muito

istanbul tours disse...

Spent three days in area and two full days visiting the park and memorials were not enough. Should have had a third. Used dardanel troy Cannakale as a base and left car at Kilitbahir. Our visit was focussed on the British landings in the Cape Hellas area and Morto Bay as well as Gully Ravine. There was more than enough to see with British, French and Turkish sites. It is a must to read up on the Gallipoli campaign before you go. Pretty spectacular and difficult terrain was dwarfed by a second visiting Suvla and Anzac areas www.privatetoursinistanbul.com Spectacularly beautiful and daunting/terrible for those who fought there. September is a quiet time for a visit with good weather although very dry. Well worth the visit Thank you all so much.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...