Cairo

35 comments
Uma cidade caótica, com trânsito tumultuado e intenso, com uma poeira constante no ar, com bairros luxuosos conflitando com a maioria pobre e sem recursos, com o novo vizinho ao velho... Assim, é o Cairo, uma cidade intrigante, que à primeira vista choca, mas à segunda apaixona. É daqueles lugares que é preciso sugar a essência para entender o conjunto e sobretudo, é preciso quebrar paradigmas!

 

 
A maior cidade do mundo árabe e também do continente africano foi fundada no século I a.c., visando substituir a antiga capital Menfis. Após a decadência do Império Egípcio, o Cairo foi conquistado por diversos povos e converteu-se em muçulmano após a chegada dos árabes. Por 4500 anos manteve o título de cidade-sede da construção mais alta do mundo: a pirâmide de Quéops, uma das 7 maravilhas do mundo antigo, aliás, a única das quais ainda existente (veja mais no post sobre as pirâmides).

 
O contraste das construções está por todo lado, à começar pela favela que cresceu junto às monumentais pirâmides e pelos hotéis de luxo às margens do Nilo, que também discrepam com os intermináveis prédios do centro da cidade, caindo aos pedaços e nunca reformados. Muitos permanecem sem reboco, tentando enquadrar-se na lei que isenta de impostos as construções "sem fundos" para acabamento. Isso ajuda ainda mais que a cidade tenha um tom amarelado, fortalecido obviamente pelo sol e pela areia do deserto.

 
 

 
O museu egípcio do Cairo - um dos atrativos mais visitados - com sua fachada rosada em estilo art nouveau, é mais um ponto de contraste da cidade. Lá dentro está um dos mais incríveis acervos da história mundial, dentre eles, a bela coleção encontrada no túmulo de Tutankamon, o único faraó que não teve a tumba violada. Suas jóias e objetos são impressionantes e é uma visita obrigatória para uma tarde inteira!
O que me decepcionou no museu foi a sua estrutura. À começar pelo tamanho, pequeno demais para o acervo, onde acredita-se que 2/3 dele esteja ainda guardado no porão por falta de espaço! A iluminação não favorece as peças (amontoadas e empoeiradas) e grande parte das descrições está apenas em árabe. Porém, ouví dizer que o novo prédio do museu está sendo finalizado, muito maior e mais bem estruturado e o melhor, no Vale de Gizé, bem pertinho das pirâmides!
.
Perambular pelas vielas da citadela ou cavalgar sem rumo numa caleche (a carruagem típica de todo o Egito) pela corniche du Nile é outro passeio imperdível! Não há como não fotografar o curioso cotidiano local, sobretudo nos parques e bazares, chamados de souk em árabe.

 

 
Os egípcios são simpáticos e espertos. Apesar de terem um sorriso fácil e aparentemente sincero -  principalmente com brasileiros -, muitas vezes ele esconde um interesse maior pelo turista, que pode visar um favor em troca de uma bakshesh (gorjeta em árabe), ou qualquer outra coisa, como uma visita guiada ou a indicação em uma loja de artesanato. O melhor é combinar antes ou retribuir com o cordial shukran (obrigado em árabe) se não estiver interessado. Se ele insistir e você não quiser nada mesmo, solte um hallás (chega!) que ele te deixará em paz de vez! Mas seja compreensivo, afinal, num país em que o salário mínimo é baixíssimo, o povo tem que fazer algo a mais para incrementar o orçamento familiar e os turistas acabam sendo a principal fonte para tal feito.

 
Por falar nisso, o turismo é uma das três principais fontes de renda do país e o setor foi muito abalado com o triste atentado terrorista em  1997, que matou 70 turistas no Templo de Hatshepsut. Depois disso, medidas drásticas foram tomadas, dentre elas, guardas armados nos principais atrativos turísticos locais. Uma cena que assusta, mas logo se acostuma... Cest le Egypt!

 

 
No próximo post vamos voltar 5 mil anos na história e passear por um dos locais mais incríveis do mundo: o Vale de Gizé, onde reinam as pirâmides e a enigmática esfinge. Acompanhe!

Veja mais dicas de viagem e turismo pelo Egito:

35 comentários:

Mile disse...

Fêeee, quanta riqueza amiga, estou aqui lendo teu post e passeando pelas ruas do Cairo. Essa viagem ao Cairo vai ficar pro ano que vem.
Bjoks

Natalie disse...

Fê,
seu blog é recheado de belas fotos e muito bom gosto.
Parabéns pelas viagens tão interessantes!

Fê Costta disse...

Mile, pelo que eu te conheço, vc ia adorar lá! E para vc é facílimo!! Tem muita opção de vôo saindo de Madrid para o Cairo...

Bjos!

Fê Costta disse...

Olá Natalie!

Que bom que gostou! Volte sempre para viajar com a gente! ;))

Bjos!

Vanessa Romanelli disse...

Ola Fe!!

Obrigada pela visita no meu menu de viagem!! Volte sempre!

Adorei as fotos, vc chegou de lá recentemente??

bjs

Fê Costta disse...

Olá Vanessa!

Estive lá há 4 meses atrás! :)

Bjos!

Letícia disse...

Oi Fê!! Que delícia conhecer amigas novas pela blogosfera!!!

Bem, vim conhecer você e teu blog e de cara, surpresa: post sobre o Egito!! tenho paixão por tudo que é de lá!!!! Gostaria muito de saber qual a sensação de estar cara a cara com a Grande Pirâmide! meu Deus, aquele lugar tem algo meio mágico, não tem?!?!

Vou voltar sempre!!
Bjux!!

Fê Costta disse...

Oi Letícia!!

O Egito é hipnotizante!!! Quando me deparei com as pirâmides frente a frente, fiquei estática! Não conseguia acreditar que estava diante daquela lenda viva! Foi uma emoção gigante!!... Tudo ali me envolvendo numa mesma magia: a enigmática esfinge, as pirâmides furando o céu e todo o complexo no meio de deserto que nos faz ficar o dia todo ali em Gizé... simplesmente o máximo! Amei e voltaria outras vezes!! :)

O próximo post vou falar sobre elas... vc vai ficar boquiaberta!

Bjos!

Yoyo Pizy disse...

Tudo de bom Fê!
Já fico na expectativa do próximo post.
Bjos

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Menina, vir aqui e dar de cara com essas fotos lindas do Cairo eh uma belissima maneira de comecar o dia! Ir para o Egito, como ja te contei, eh sonho antigo, sempre adiado. Que venha logo!
E, ja que ahi nao tem clima de Carnaval, otimo Valentine's pra vc ;-)

Fê Costta disse...

Ei Mari!!

Obrigada querida! ótimo carnaval para vc aí!! ;)

Mônica Sousa disse...

Oi Fê. Olha, aguardando o próximo post. Apresentei seu blog para o meu irmao e ele adorou!!! Qnd eu juntei para minha primeira viagem longa sozinha ia pra lá. Mas como era minha primeira experiencia acabei indo pra Europa. Já sao quase cinco anos viajando sozinha. A hora de encarar o Egito/Turquia chegou. rs

Fê Costta disse...

Oi Mônica!!

Agora que vc já tá experiente em viagens, tem mais é que ir mesmo fazer este roteiro. É incrível!!! Vc vai amar!! Diferente de tudo que vc viu pela Europa!

Bjos!

Regina Rozenbaum disse...

Fê MOça linda de viverrrrr
Eu aqui no "Estercufulia"rsrsrs e vc me tiçando com essas fotos!!!! Estamos no carná, amada!!!!
Beijuuss n.c. com gosto de beagá

www.toforatodentro.blogspot.com
(Postei em sua homenagem e de outros amigos, que estão fora do Brasil, sil, sil, sil)

Camila disse...

Fê, que fotos lindas! É mesmo um choque cultural, né? Beijos!

Arthur disse...

" Uma cidade caótica, com trânsito tumultuado e intenso, com uma poeira constante no ar, com bairros luxuosos conflitando com a maioria pobre e sem recursos, com o novo vizinho ao velho... "

Fê, tem certeza que você não está falando do Rio ou SP? ;)

Orlani Júnior disse...

Olá, Fê!

E eu achando que meu carnaval seria um saco, já que trabalhei todos os dias, momento de folga? Só hoje à tarde. Comprovei que estava redondamente enganado, após viajar pelo seu blog. Muito bacana as postagens, álém das riquíssimas fotos, estão as sempre relevantes informações das suas postagens.
Muito bom!
Beijos e até

Fê Costta disse...

Olá Orlani!!

Ao menos vc teve esta tarde de folga... eu nem isso! rsrs Nem sinal de carnaval por aqui!

Que bom que vc gostou do passeio!! Vai amar ainda mais o próximo posts, sobre as pirâmides! :)

Abraços

Fê Costta disse...

Ei Arthur! É verdade, poderia bem ser SP ou RJ, principalmente após ver as duas últimas fotos, cheio de gente armada na rua! rs

Abraços e bom carnaval!

Fê Costta disse...

Ei Camila!!

É um choque mesmo! Principalmente por causa da religião!! Viu como andam algumas mulheres por lá? Completamente cobertas! Vai entender...

Bjos!

Fê Costta disse...

Oi Rê!!!

Obrigada pelo post! Que delícia relembrar BH!!! Saudade da Feira Hippie, do Mercado Central, da Lagoa, da minha serra do curral, daquele horizonte maravilhoso ao entardecer e até do trânsito tumultuado da Afonso Pena! hahaha

Bjos e obrigada pela lembrança!

Tiago disse...

Que espetacular Fê!! Como sempre, fotos super atraentes. Acho q fotografar e viajar nasce coma gente no tudo no mesmo kit né? rsrs

beijo!

Dri - EveryWhere disse...

Voce confirma oque sempre ouvi falar sobre o Museu do Cairo, que para os amantes de historia chega a dar raiva da falta de cuidado e conservacao das pecas. Afinal a historia Egipcia jah passou do nivel "tesouro nacional" ha muito tempo e hoje em dia eh patromino da Humanidade! Mesmo!
E que decepcao que nao pode tirar fotos lah dentro!!!

Fê Costta disse...

Oi Tiago!!

Essa do kit é ótima! hahaha Bem, eu sou da seguinte teoria: nem todo fotógrafo curte viajar, mas todo viajante curte uma fotografia! Afinal, perambular pelo mundo afora e não trazer fotos das mais inóspitas imagens não dá, né?! Tem que registrar tudo! rsrs

Fê Costta disse...

Dri!!!

Já tá de volta?? Passou rápido!! E aí, gostou daqui?? Vou lá no seu blog dar uma olhadinha do que vc achou dos Emirados!

Sobre o museu, é verdade... Mas, estão fazendo um novo, Insha Allah esteja pronto quando vc for! Sobre as fotos, acho que vai continuar sendo proibido mesmo... :(

Bjos

amigosviajantes disse...

Menina,eu tenho verdadeiro encanto pelo mundo árabe. Todas as contradições e cores me fascinam de verdade. Tenho muita vontade de conhecer esse mundo que parece ser a parte de tudo o que nós vivemos né.
Fiz umas pesquisas de hoteis (http://www.hoteis.com/) por lá... Até pouco tempo eu só gostava e nao buscava muitas informações, então, comecei a pesquisar e me surpreendi. O contraste de riqueza e pobreza é muito visível. Os hoteis são lindíssimos e super luxuosos. Coisas de verdadeiros marajás... Eu daria meu reino aqui por uma semana lá.. rsrsrs

beeijos, Ju!

Fê Costta disse...

Oi Ju!!

O mundo árabe é mesmo muito interessante! É como uma aula de história ao vivo!! É muito legal perambular por estes países e ver até entre eles tem diferenças. Turquia, Egito, Marrocos, Emirados Árabes, Líbano... cada um com seu estilo! ;)

Bjos

Claudia Liechavicius disse...

Fê adorei!!!!
Sabe que eu nunca tinha prestado atenção aos detalhes do Cairo. A gente olha para as pirâmides e pronto. No entanto, o país é curioso e com hábitos bem diferentes dos nossos. Mesmo parecendo caótico e sujinho fico sempre impressionada com a força das fotos.
Bj
Claudia

Claudia Liechavicius disse...

Fê.
Tenho uma ammiga que morou em Alexandria quatro anos e ela descreeu o museu do Cairo exaamente como você. Aliás, ela dizia que a falta de cuidado era geral e até mesmo pela falta de condições financeiras do país. Uma pena. Pois, esse é um tesouro preciosos ao pé da letra.
Bj
Claudia
Ps: Vou à Dubai 25 de abril. Espero poder te encontrar.

Fê Costta disse...

Ei Cláudia!!!

Pois é, uma pena mesmo o museu ficar assim... aquilo é patrimônio mundial!! Bem, mas qdo o novo inaugurar, volto até lá para conferir as obras novamente, quando espero encontrar uma estrutura digna do seu acervo.

Sensacional!!! Vou te mandar um email para a gente combinar tudo! :)

Bjos!

Roadrunner disse...

Outra grande e grave lacuna minha! Como é que eu ainda não fui ao Egipto?!

Saudações do Roadrunner!

Fê Costta disse...

Oi Road!

Aproveita que não está tão longe assim de vc... E além do mais toda semana tem vôo fretado baratíssimo indo para lá!

Abs

Brenda Tavares disse...

Fê aqui estou eu novamente antes de partir para fazer perguntas...
Com relação ao dinheiro quanto vc acha legal levar, nosso pacote já inclui tudo então a grana seria só para bebidas, e cositas mas que queiramos comprar...
como é o cambio
eles aceitam dolar ou euro
Beijo e obrigada!

Fê Costta disse...

Oi Brenda!

Bem, eu levei bastante dinheiro, porque quando fui ao Egito, estava na verdade fazendo uma viagem de 40 dias em torno 8 países! Bem, no seu caso eu levaria no mínimo o equivalente a USD 50/ dia + um valor por segurança, tipo USD 1000. Sabe aquele ditado que seguro morreu de velho? Pois... é sempre melhor prevenir que remediar.

Além disso, cartão de crédito é sempre fundamental. Lá vc usa dólar, euro ou a moeda local.

Bjos e prepare-se pelo calor!! :)

Hanna Liu disse...

Que coisa linda!!!
Quero estudar idiomas e conhecer outros paises
Certeza que vou passar pelo Cairo para ver este lugar maravilhoso que você nos apresentou.
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...