Mykonos | onde o agito não pára!

15 comments

Mykonos é uma ilha especial! O aspecto pitoresco vai muito além da arquitetura típica grega, das vielas cheias de Bougainvillea e dos moinhos de vento. Ela é a ilha mais cosmopolita, badalada, cheia e cara da Grécia e sozinha recebe 750 mil turistas por ano. É uma boa opção para quem busca curtição sem muitos limites, mas não deixa de agradar também quem prefere sossego. O alto astral está na atmosfera, nas pessoas e na ausência de preconceito. Mykonos é reduto da comunidade GLS e oferece inúmeras praias para os adeptos do naturismo.


A ilha já foi ocupada pelos jônios, fenícios, macedônios, atenienses, romanos, vienenses, gregos e alemães. Hoje é um conjunto dos legados destas civilizações, sobretudo daquelas que a comandaram à partir do século XV. O vilarejo de Chora, também conhecida como Mykonos Town, é a parte mais antiga da cidade. Ruelas de pedra, cheias de casinhas brancas em formato de cubos, com varandas coloridas floridas, cercada de igrejas pequeninas, intercaladas por praças. Chora é um labirinto gostoso de desvendar, cheio de coisas inusitadas.


A principal via de Chora é a rua Matoyianni, com suas lojinhas de artigos típicos. Ali é também possível degustar a saborosa gastronomia mediterrânea, seja em uma agradável taverna, um moderno restaurante ou em um antigo café. A igreja Panayia Paraportiani é um complexo de 5 igrejas, considerado monumento nacional.


Próximo à costa está a Little Venice, que são um conjunto de casas construídas no século XVI que têem suas varandas literalmente dependuradas sobre o mar. Acredita-se que foram construída pelos piratas para facilitar descarregar os barcos. É incrível como ainda permanecem de pé após anos sofrendo com o vento e a água salgada. Hoje Little Venice é um dos lugares mais procurados de Mykonos, não é à toa que os preços na região são ainda mais caros. Como consolo, o astral e a paisagem compensam, sobretudo durante o pôr-do-sol, com o mar à frente e os moinhos ao lado.


Os moinhos de vento, embora representem uma cena comum nas ilhas Cíclades, em Mykonos é o cartão-postal da cidade. A cena clássica se descortina diante dos olhos de quem chega pelo porto, com sua presença marcante no horizonte. Ao todo são 16 moinhos, que foram construídos pelos venezianos no século XVI. Inicialmente eram utilizados para moer trigo e hoje apenas “decoram” a ilha (alguns abrigam museus).


As praias de Mykonos são lindas! De ônibus dá para conhecer Psarou, Platis Gialos, Elia, Ornos, Paranga, que são as mais cheias justamente por terem fácil acesso. A badalada Paradise Beach tem festa todo dia, com muita bebida e mulheres dançando sobre as mesas. A não menos famosa Super Paradise fica lotada e é difícil encontrar um espacinho na areia. Ela é quase toda dedicada ao nudismo e é bastante frequentada pelo público gay.

Há também as mais tranquilas ao norte da ilha, como Myrsini, Fokos, Panormos e Agios Sostis, que só dá para chegar de carro/ scooter (você pode alugar ou ir de táxi).

Dos moradores ilustres da ilha, o mais curioso é o pelicano Petros. Na verdade, o Petros original morreu atropelado em 1985 e desde então outros 3 pelicanos adotaram Mykonos como sua casa. Um deles foi honrosamente batizado como Petros e claro, acabou por usufruir da fama do antecessor. É fácil vê-los caminhando pelas vielas, banhando-se na torneira ou dando o ar da graça nos bares ao ar livre. Outro simpático representante da fauna local são os gatinhos. Estão por todos os lados, lindos e dengosos!


O lugar ideal para se hospedar em Mykonos, vai depender muito do estilo da pessoa e do que ela está buscando. No meu caso, turismóloga interessada em ver o patrimônio e curtir a parte antiga da cidade, a melhor opção sem dúvida foi Mykonos Town. O hotel escolhido foi o Despótiko, que estava bem próximo à parte antiga, oferecia boas instalações, excelente café da manhã e um preço bem convidativo. Recomendo! Outro que me pareceu bem interessante foi o Semeli.

Eu fiquei 2 dias na cidade, mas gostaria de ter ficado 4 e assim, ter curtido mais as praias e também a ilha de Delos, que está a 2 km dali (há ferries diários que fazem a travessia).


Uma dica para quem chega pelo porto de Myconos é já ter algum transporte agendado. Há microônibus e vans que fazem o trajeto do porto a alguns pontos da cidade, porém esgota rapidamente. Se bobear, só restará aguardar um dos escassos táxis aparecerem e forçarem você a desembolsar uma bela fortuna. Comigo não foi diferente. Após procurar pela internet alguma empresa honesta que fizesse o serviço, só me deparei com assaltantes que cobravam de 70 a 150 Euros. Como poderia um trajeto de 10 minutos por terra custar o dobro da passagem aérea? Não aceitei as propostas e decidí me virar quando chegasse. Depois de 2 horas no porto e 3 táxis dispensados, finalmente encontrei um taxista que nos cobrou 8 euros. Enfim, era chegada a hora de curtir Mikonos! De qualquer forma, anote o contato da central de táxis de Mykonos, você poderá precisar na chegada e também quando estiver nas praias distantes: 2289022400

É possível chegar até Mykonos de ferry a partir de Atenas (Porto Piraeus), num percurso que dura em torno de 5 horas. De avião apenas 20 minutos via Angean Air ou Olympic Air. Com certa antecedência é possível encontrar trechos à partir de 20 Euros + taxas.


Acompanhe os demais posts com todas as dicas de viagem da Grécia e Ilhas Gregas:


Aproveite para conhecer também a encantadora Turquia, veja as dicas de viagem de lá: 

 E ainda, dá para incluir na viagem à Grécia uma visita ao Egito:

15 comentários:

Diogo disse...

Fernanda,

Adorei as fotos e comentários. Estou indo para a Grécia, Turquia e Israel em julho próximo, inclusive com parada em Mykonos e Santorini.
Alguma dica de hotel?
Abraço e parabéns pelo blog.

Diogo.

Fê Costta disse...

Oi Diogo!
Desculpe nao ter respondido ainda o seu outro comentario. Estou em Amsterdam e tenho acessado o blog so pelo blackberry.
Acho que fiquei em Urgup, na Capadoci, no htl dedeli konag. Ha um post sobre dicas Turquia - Interior,acho que você vai gostar. Sobre o balao, eh bom fazer a reserva com antecedencia, mas se você deixar para fazer na ultima hora, nao acredito que tera problemas, pois sao muitos baloes e eh facil alocarem você lah.
Abs

Fê Costta disse...

Diogo,
Sobre os hoteis na grecia:
Mykonos: despotiko
Santorini: oia's sunset
Atenas: amalia

Fiquei em todos eles e recomendo

Abs

Fê Costta disse...

Diogo,
Sobre os hoteis na grecia:
Mykonos: despotiko
Santorini: oia's sunset
Atenas: amalia

Fiquei em todos eles e recomendo

Abs

Fê Costta disse...

Diogo,
Sobre os hoteis na grecia:
Mykonos: despotiko
Santorini: oia's sunset
Atenas: amalia

Fiquei em todos eles e recomendo

Abs

Tânia disse...

Adorei o pelicano! Adorei a Paisagem! Adoro as casas todas de branco mesmo à beira mar! Mais uma viagem que mete muita inveja Fê!

Oscar | MauOscar.com disse...

Lindas as fotos Fê.. A Grécia deve ser um pais incrivel...

Claudia Liechavicius disse...

Menina!
Que seleção de lugares paradisíacos, hein???
Grécia e Maldivas. Você está um luxo só.
Chic D+.
Beijos
Claudia

Fê Miceli disse...

Realmente a Grécia é romântica, acolhedora, simpática e linda. Tenho vontade de fazer um Cruzeiro, algum dia. Amei a cidade!
Ah, e adorei o blog tb. Amo viajar! Amo a ideia de conhecer outros lugares, culturas e pessoas... sou apaixonada por isso. Pena que não faço muito.
Já estou seguindo seu blog!
Parabéns...

Bjs

Blogueiro disse...

Olá Fernanda, tudo bem?

Primeiramente parabéns pelo Blog, muito informativo e com belas imagens.

Vi uma matéria sua sobre Bonito (MS) no site do jornal http://www.zwelangola.com/activismo/index-lr.php?id=5407

Gostaria de propor uma troca de links entre nossos blogs e sites. Segue endereço de um deles: www.bonitoweb.com.br .
Meu e-mail é: jornalismo@bonitoweb.com.br

Aguardo sua resposta.
Abraços

Carla

Fê Costta disse...

Ei Tânia,

De fato é um lugar espetacular, motiva muita gente a ir lá conhecer! :)

Bjks

Fê Costta disse...

Oscar, vcs vão A-M-A-R!!!! Tenho certeza! ;)

Bjs

Fê Costta disse...

Pois é, Claudia!! Dois lugares incríveis! Voltaria neles quantas vezes mais fosse possível: Grécia e Maldivas.

Acho que com as Maldivas vc concorda com certeza, né?! :)

Bjs

Fê Costta disse...

Olá Carla!!

Seu site é muito bom! Vou recomendar aos amigos que estão indo para Bonito! Já está na listinha de recomendações. :)

Bjo

Janaina disse...

oi Fernanda,
muito legal seu blog .
Estou precisando de dicas de restaurantes em Atenas, Mykonos, e Santorini, sera que voce teria pra me passar ?
Muito obrigada

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...