Sri Lanka | o antigo reino Ceilão

6 comments

Embora nada familiar aos brasileiros e muitas vezes até desconhecido, o Sri Lanka é capaz de agradar turisticamente qualquer um de nós. Um lugar exótico, cercado de paisagens incríveis entre montanhas e praias paradisíacas, com uma selva tropical cheia de elefantes, gatos silvestres, macacos e pássaros coloridíssimos. Conta ainda com o legado histórico do antigo Ceilão, com ruínas enigmáticas que parecem misturar Angkor, Machu Picchu e Ayuthayya. É também um convite à prática de esportes radicais, com rafting no Rio Kwai (aquele que inspirou o Faustão no bloco “Ponte do Rio Que Cai”), trekking e escalada ao Pico do Adão (Adam’s Peak).


O Sri Lanka é uma ilha do oceano Índico, ao sul da Índia e a nordeste das Maldivas. (Viu como dá para incluir ele quando for viajar para algum destes países? Também dá para conciliar com uma viagem à Dubai ou à Malásia, desta última há vôos diretos pela low cost Air Asia por módicos USD 50!!!)

O país já foi colônia árabe, portuguesa, holandesa e inglesa. Passou do hinduísmo ao islamismo e seguidamente ao budismo, religião da grande maioria ainda hoje. As línguas oficiais são o cingalês e o tâmil, ambos derivados do sânscrito, o que para nós ocidentais, não passa de rabiscos artísticos arredondados com um som gutural incompreensível.


O Sri Lanka sempre foi um pólo comercial importante em épocas antigas. Mercadores árabes, romanos e chineses aportavam freqüentemente no país à procura de especiarias, sobretudo a canela, originária daquele local e ainda hoje considerada a melhor do mundo. Já em tempos atuais, a economia é representada pelo cultivo do chá preto, sendo um dos maiores exportadores mundiais deste produto. Nas prateleiras de supermercados de diversos países é possível encontrar o Ceylon Tea, o produto mais característico do Sri Lanka. A produção de seda e o turismo são também significativos na economia, embora ele tenha sido o país mais afetado pelo tsunami de 2004.


O antigo Ceilão era composto de 2 tribos principais: Cingaleses e Tâmiles. Ambas eram adeptas do hinduísmo, uma herança advinda da migração dos povos indianos. No século III a.c. os Cingaleses se converteram ao budismo, gerando uma guerra civil no país ao longo de séculos. Na Idade Média já se encontrava dividido entre 7 reinos distintos, cada qual administrado por uma capital independente. Em 1517 foram unificados pelos portugueses, que de certa forma, os uniram também sobre uma mesma causa: derrotar o inimigo em comum. Décadas mais tarde, a colônia lusitana foi expulsa pelos holandeses, que por sua vez foram expulsos pelos britânicos. O país só obteve sua independência em 1948, quando passou a se chamar Sri Lanka. Sem mais colonos inimigos, Cingaleses e Tâmiles voltaram às farpas e, infelizmente, o país tem sofrido conflitos entre os rebeldes radicais separatistas, gerando rumores internacionais de ataques terroristas (causado sobretudo pelo islamismo, que acabou tomando forma entre as tribos)... Mas não se preocupe, isso não ocorre nas áreas turísticas, aliás, quando ocorre é bem longe dali.


O povo do Sri Lanka é formado por gente simples e alegre. Pele morena bronzeada de sol, cabelos negros como o ébano e sorriso fácil são as características mais notáveis da população. A disponibilidade para ajudar e curiosidade por outras culturas são elementos que também favorecem o contato dos turistas que os visitam. Aproveite e se divirta com os “srilankeses”!


Acompanhe nos próximos posts um guia completo de dicas para viagem no Sri Lanka:


Para sumarizar o que está por vir, nada melhor que assistir a este clip de Duran Duran, que usou o Sri Lanka para gravar a música SAVE A PRAYER, um verdadeiro videotur do lugar, confira:

6 comentários:

Milton B. Jr. disse...

Oi Fernanda.
Realmente surpreendente. Muitas vezes o Sri Lanka é usado até como brincadeira (ahh, vai la para o Sri Lanka) mas pela primeira vez li algo assim sobre esse lugar. De fato já deu até vontade de conhecer, isso que é o primeiro post. :-)
Assim como em outras coisas, no quesito viagens temos que ser mente aberta para não perdermos excelentes oportunidades, não? :-)
Vai postando... que vamos lendo!
E segue o baile.
Beijos.

Fê Costta disse...

Olá Milton!

É isso aí. É preciso quebrar paradigmas para aproveitarmos melhor as viagens.

Os próximos posts vão mostrar melhor as belezas do Sri Lanka, acompanhem aí! :)

Bjs para vc e sua esposa.

Manu disse...

Oi Fê!!! Que coisa linda esse lugar!!! Fiquei curiosa de um monte de coisas: e a comida como é?? É um lugar barato para ir (hotel, passeios etc)?? Vou acompanhar o próximos posts ansiosa!!!!

Bjosss

Fê Costta disse...

Ei Manu!

Lá é super barato, estilo Índia! A comida também é bem semelhante... :S Mas as cidades são melhor organizadas e não tem tanto lixo igual na Índia.

Bem legal, vc certamente vai adorar! :) Já tá pensando em voltar para os lados de lá de novo?

Bjks!

Claudia Liechavicius disse...

Fê!!! Quero muito!!!! Estive ali ao lado algumas vezes e nunca sobrou tempo para visitar o Sri Lanka. Sou louca para conhecer esse país. Adorei a foto dos elefantes. Quando criança eu sonhava em ter um elefante de estimação... Muito original... Mas, não sei por que minha mãe nunca concordou....
Bjs
Claudia

Fê Costta disse...

Ei Claudia!

hahahah que ótimo!! Quando criança eu queria ter um macaco, mas minha mae foi logo me dando um papagaio e um cachorro.

O Sri Lanka é cercado de elefantes! Vc vai amar, sem dúvida!! Na próxima volta a India, não deixe de fazer uma escala no antigo Ceilão!

Bjks

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...