Petra - maravilha do mundo antigo e moderno

20 comments

Em meio ao deserto da Jordânia está Petra, eleita uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno. Fundada no século III a. C pelo antigo povo Nebateu, prosperou com a rota comercial que interligava todo o oriente médio, construindo uma cidade totalmente escavada na rocha. Durante muito tempo ficou esquecida, mas voltou a ser redescoberta em fins do século XIX.


Petra é um lugar mágico, onde elementos naturais e sacros combinam entre si para criar uma incrível harmonia de formas e cores. A rocha é apresentada em seu mais perfeito esplendor, lapidada pelo homem e pelo vento ao longo de séculos, em nuances que vão do branco ao rosa.


Após o desfiladeiro de 2 km, também conhecido como Siq, está a cena mais clássica da cidade, o Tesouro, onde Indiana Jones gravou as cenas do filme A Última Cruzada. O Tesouro também é a obra melhor preservada em razão de não ter sofrido erosão durante todo este tempo. Suas colunas e cúpulas, com formas geométricas perfeitas funcionam como um calendário e mediam dias, meses e até as estações do ano. É impossível não se emocionar diante de tamanha arte, tão bem inserida naquele contexto natural esplêndido


Ao longo do caminho, que pode ser feito também no lombo de um camelo, diversas outras construções vão surgindo, representadas por templos, palácios, mercados, moradias diversas e até um anfiteatro que comportava 4 mil espectadores. O grand finale fica por conta do Mosteiro Al-Deir, guardado no topo de uma colina, após a subida de 800 degraus. A melhor forma de chegar lá em cima é na companhia de um burrico, que sabiamente leva os turistas permeando o precipício. O esforço é compensado com a magnífica visão do deserto jordaniano.


Os Nebateus eram exímios arquitetos e além da minúcia nos detalhes decorativos, construíram também um sistema hidráulico responsável por irrigar toda a cidade. Tudo isso há 2300 anos atrás!

Além das muralhas antigas, a nova Petra oferece infra-estrutura para o turista, com bons hotéis e restaurantes. Vale à pena se hospedar nas opções do entorno do parque, como o sofisticado Movenpick ou o hotel 3 estrelas Petra Inn.

O sorriso fácil dos beduínos tem uma explicação capitalista. Com a onda de turistas, eles enchem os bolsos de divisas! Faturam no mínimo 1000 euros por dia!

Petra está próxima ao enigmático Mar Morto e também do deserto de Wadi Rum, onde foi filmado Lawrence das Arábias. O acesso até a cidade é feito por auto-estrada desde a capital Amã, há 230km o equivalente a 3,5 horas de carro. Uma dica é utilizar os serviços do amável Sabah, um motorista jordaniano que há anos recebe turistas do mundo inteiro. Contacte-o: info@taxi-services.org  00962 79 5532753.

Brasileiros em visita a Jordânia precisam de visto, que pode ser retirado na chegada ao aeroporto internacional de Amã. Não existem vôos direto do Brasil para a Jordânia, porém com escala na Europa, África do Sul ou Dubai é possível chegar no país através das grandes companhias aéreas, com um custo de à partir de R$ 2.200.


Dicas de sobrevivência em Petra:
É preciso ao menos 1 dia inteiro para se conhecer Petra. Quem tem mais disponibilidade e pode ficar 2 dias, consegue conhecer a outra parte do parque, que apesar de não ser tão turística, é onde estão as interessantes catacumbas. O percurso de ida e volta tem aproximadamente 13 kms de extensão e é preciso preparo físico. Para quem ficar cansado, há as opções de charrete, cavalo, camelo e burrico, que variam conforme cada trecho e tem custo em torno de 10 euros para cada animal (por período determinado), mas na parte da tarde dá para negociar bastante com os beduínos. Lembre-se que Petra esté em meio a um deserto e em qualquer época haverá sol forte e mesmo no inverno, a temperatura aumentará ao longo do dia. Proteja-se com filtro solar, óculos e chapéu e vá com roupas confortáveis, de preferência tenis ou sapato fechado. Quem vai de chinelo ou sandália, sofre com a areia quente entrando nos pés. Outra dica fundamental é levar água, se possível, numa camelback com gelo. Os locais de venda dentro do parque são distantes um dos outros, caros e para piorar, a água está sempre quente. Imagina um calorão de 40 graus e você tendo que beber água em temperatura tipo chá?! Ninguém merece! Há restaurantes no parque, mas sugiro só almoçar ali aqueles adeptos de um programa mais light, sem muito espírito aventureiro. Para encarar o trekking a la Indiana Jones, recomendo ter um café da manhã reforçado no hotel e levar barras de cereal/ frutas/ sanduíche para ir aguentando o dia. Não tem nada a ver parar para almoçar e depois continuar a caminhada, que por sinal vai ficar ainda mais pesada no final. O parque abre diariamente (6 às 18 no verão; 6 às 16hs no inverno) e durante 3 vezes na semana oferece o chamado "Petra By Nigth", onde o turista tem acesso do Siq até o Tesouro à luz de velas, uma cena realmente emocionante! O ingresso para o parque só pode ser pago em moeda local (cartão de crédito não é aceito!)e o day-pass custa em torno de JD 50. O preço pode variar conforme a época do ano e para quem tiver mais tempo, o 2 daypass vale muito à pena, pois o valor é quase o mesmo de 1 dia. Maiores informações sobre Petra podem ser adquiridas aqui


 
Veja todas as dicas de viagem para a Jordânia
Aproveite para conciliar sua viagem com outros países e desbravar também estas jóias do Oriente Médio e redondezas:

20 comentários:

Carina-Senzatia disse...

Eu tinha acabado de ler um post sobre Petra num outro blog e apareceu o link do teu post no twitter! Coincidencia?? Acho que nao! Deve ser Petra me chamando!heheh Fiquei encantada com as fotos, lindas! Parabéns!

Milton disse...

Está aí um lugar que não morro sem conhecer!!
Parabéns mais uma vez! Ótimo post!
Beijos.

pramod negi disse...

Wonderful post, really great tips and advice. I was interested by your comment,

Cheap Flights to Hanio
Cheap Flights to Dalian

Brenda Tavares disse...

Fe, tai outro canto desse mundao que quero conhecer!
Vc me mostrou imagens que ainda nao havia visto, obrigada e parabéns!
Quando vc falou sobre a agua quente, no Egito tb percebi isso, mas perguntei e me disseram que assim vc nao sente a grande diferença entre o calor do deserto e a agua muito gelada, que segundo eles faz mal. Enfim...
Amei o post!
Beijos e bom final de semana!!

Fê Costta disse...

hahahaha sem dúvida Carina! Vai programando para ir! ;)

Bjks

Fê Costta disse...

Milton,

de fato Petra tem que estar do "must see"! :)

Fê Costta disse...

Brenda,

Realmente existe isso sim. Tanto que aqui na península arábica, todo mundo toma chá quente no verão para equilibrar a temperatura do corpo. Mas no meu caso, o que refresca mesmo é uma água geladinha! ;)

bjks e bom finde para vc tb! ;)

Daniela Ortega disse...

WOW!! FANTÁSTICO!!

Ah, Fê, vc parece a atriz Paola Oliveira, parece demais.

Beijos!

Daniela Ortega disse...

WOW!! FANTÁSTICO!!

Ah, Fê, vc parece a atriz Paola Oliveira, parece demais.

Beijos!

Beatriz disse...

Oi Fê!
Suas fotos são absolutamente magníficas, assim como este lugar incrível da Jordânia!!! Parece mágico, sei lá....Como você consegue????
Beijinhos
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

Guta disse...

Fê, quero ir p/ Petraaa! rs
Saiu alias uma reportagem na VT desse mês sobre o lugar...mta, mtaaa vontade de conhecer!
Vc foi em que epoca?
bjuss

Guta disse...

Fê, quero ir p/ Petraaa! rs
Saiu alias uma reportagem na VT desse mês sobre o lugar...mta, mtaaa vontade de conhecer!
Vc foi em que epoca?
bjuss

Fê Costta disse...

Ei Dani!!

Uau, isso é um elogio, com certeza! :)

Obrigada!! ;)

Fê Costta disse...

Ei Bia!!

O segredo das boas fotos não está comigo... está nos lugares belos! ;)

Bjks

Fê Costta disse...

Ei Guta!!

Não vi a Viagem e Turismo sobre Petra!! Ahhhhh, queria ver! :( Aqui em DXB é impossible!

É mesmo lindo!! Vale muito à pena!! Eu fui em Maio, tava uma temperatura agradável, com céu claro e limpo.

Bjks

Katia Bonfadini disse...

Esse é um dos meus destinos de sonho, Fê!!!!! Quase domos pra lá no fim de 2009, mas não tinha saída de excursão na data planejada e preferimos ir ao Egito. Foi um ótimo passeio, mas a Jordânia continua lá no topo da lista! Obrigada por compartilhar com a gente tantas experiências maravilhosas!!!! Bjs!

Fê Costta disse...

Katia,

A Jordânia é linda demais, mas entre ela e o Egito, eu acho o segundo bem mais interessante e rico, culturalmente falando. Mas isso não quer dizer que vc já que vc já conhece o Egito deva eliminar a Jordânia.. de jeito nenhum! :) Deixa ela na listinha e bora trabalhar para virar realidade! ;)

Bjks

Lucas Cavalheiro Bueno disse...

Fê! Até hoje não vi o post sobre a Síria e Krak des Chevaliers! Por que hein?? Hehehehe, muita preparação né!

Eu, voltei pra vida normal, e apesar de ser difícil escrever nessa rotina, resolvi terminar a história do meu mochilão, que tinha parado no natal em Bethlehem...

Agora escrevi adivinha sobre onde? Petra! Hehehe... Só que depois de tanto tempo parado é difícil divulga pro povo visitar... olha lá meu post:

www.viajandocomolucas.blogspot.com

E, você é modelo hein! Beijo :*

Fê Costta disse...

Ei Lucas!!

Você já ouviu falar em TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo?? Pois então, eu tenho esta coisa quando o assunto é o blog! hahaha Só faço publico um post depois que me dediquei o suficiente para escrevê-lo, buscando minhas anotações da viagem e estudando um pouco mais com o material que sempre trago. Além disso, preciso separar as melhores fotos (em meio à 5 mil batidas a cada viagem) e editá-las. Por fim, faço um rascunho de como será a série de cada país o que será abordado em cada capitulo, aí sim posso começar a escrever. Assim, dá para perceber que quando escrevo sobre um país, são várias horas dedicadas nos bastidores... Tem que ter tempo livre! hahaha

Desde que fui à Siria no ano passado, venho emendando uma viagem na outra e até o fim do ano ainda vou passar em 18 países. É, agora fiquei sem tempo de vez! Por isso que vou fazer os próximos posts (ao menos um briefing de cada lugar que eu passar) em formato de charada. Ano que vem retomo à escrita mais elaborada dos posts... ;)

E aí, qual é a próxima viagem?
Mande lembranças para seu pai!

Abs,

Anônimo disse...

Olá! Estou em Istabul e dentro de 2 dias desembarco em Amman com destino final Petra (ficarei hospedada em Petra mesmo). Qual o melhor meio de transporte (seguro e econômico) para fazer este trecho (Amman -Petra)? Obrigada desde já e abraços, Selva Tassara

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...