Roteiro em Viena - parte 1: o charme dos Habsburgo

16 comments
Onde quer que você esteja em Viena, inicie seu passeio pelo coração da cidade, na Stephansplatz. É nesta praça, na verdade um quarteirão de ruas fechadas, que a cidade vibra. No seu centro foi erguida em 1147 a catedral de São Estevão, belíssimo exemplar do estilo gótico.

O telhado da catedral chama a atenção pela padronagem feita à partir de lajotas coloridas. O ponto alto da visita é a subida à torre de 136 metros, mas prepare o fôlego para a interminável escada em espiral. Seja corajoso, a vista compensa!


No entorno da São Estevão existem restaurantes e lojas diversas. A Stephanplatz está para Viena assim como a Times Square está para Nova York ou o Picaddilly Circus para Londres, claro que guardada às devidas proporções. Caminhe pelas ruas Kartnerstrasse e Graben e se deixe levar pelo ritmo austríaco, parando para um café acompanhando da deliciosa torta Sacher. A tradicional iguaria é sobrecarregada de chocolate, um deleite sublime que compensa as calorias extras.


A região já foi motivo de discórdia entre a população, que condenou a especulação imobiliária dos novos tempos e a construção de edifícios em estilos completamente diversos do que havia ali. Hoje em dia, sabe apreciar a junção do antigo com o moderno e o resultado, ficou até interessante.


Um pouco mais adiante está o Palácio dos Hofburgo, sede da realeza desde o século XIII. Recentemente teve seu interior aberto ao público, onde pode ser conferido aposentos e salas diversas, dentre eles o escritório da Imperatriz Sisi. Objetos pessoais, adornos e jóias da realeza também estão expostos.
Ainda no palácio encontra-se a Escola Espanhola de Equitação (Spanische Hofreitschule fundada em 1572, faz apresentações de uma hora com os garanhões da raça Lipizzaner.

Saindo dali, vale pegar uma charrete e passear no entorno da Ringstrasse. No roteiro, jardins bem cuidados, como o de Sissi e o Volksgarten, em alemão "Jardim do Povo". Não deixe de notar a beleza e minuciosidade das fachadas, com o ápice do esmero nos prédios do Parlamento e da Prefeitura.

Como opção de jantar, vale ir ao Zum Schwarzen Kameel. O restaurante tem 400 anos de tradição e a especialidade da casa é cozinha austríaca. No local também funciona uma delicatessem e loja de vinhos. Prepare o bolso e o relógio: a casa é sofisticada e encerra as atividades às 10:30 da noite.

16 comentários:

Brenda Tavares disse...

Essas escadinhas em caracol sao o meu carma, onde vou la estao elas. Nem tenho medo, mas chega um ponto que a cabecinha começa a rodar, ai ai ai...
Oq é aquela torta de chocolate?
Oh my GOD!

disse...

Que blog perfeito!!! Vc é super talentosa!! Adoraria conhecer tantos lugares lindos tb... Que máximo!!
Bjs!!

Fê Costta disse...

Aí na Itália é cheio, né?! Eu adoro!! Mas haja joelhos! rs

A Sacher Torte é uma das especialidades gastronômicas de Viena. Depois de uma destas, é bom subir a escada da torre umas 3 vezes para perder as calorias! haha

Bjo

Fê Costta disse...

Ei xará! obrigada pela visita!! :)

Bjks!

Uelyn - Blog MalaPronta.com disse...

Olá!!

Adorei as fotos! A arquitetura dos prédios é o que chama mais atenção tem um perfeição em cada detalhe, mesmo coisas bem sutis.
Parabéns pelo blog.
Uelyn

Claudia Liechavicius disse...

Hum! Come-se muita guleseima na Áustria. Ainda bem que as escadarias ajudam a aliviar a consciencia e a balança. rsrs
Bjs
Claudia

Beatriz disse...

Oi Fê
Aquele telhado todo em padronagem é algo mais que demais!!!
Ah Viena.....quem sabe um dia....
Beijinhos,
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

Viaje com a Flora disse...

Que linda está Viena! Preciso voltar lá para experimentar a torta Sacher. Cometi o sacrilégio de não comer. Bjs

Fê Costta disse...

Ei Uelyn, que bom!! Always welcome! ;)

Fê Costta disse...

Claudia querida,

Ainda bem mesmo!! Apesar do que, no inverno come-se ainda mais e não há muito ânimo para subir as escadinhas. Logo, recomendo para a "boa forma" ir no verão! hahaha

Bjs

Fê Costta disse...

Bia,

Este telhado em padronagens é típico do Império Austro-Húngaro, assim, é possível encontrá-los tanto em Viena quanto em Budapeste.

Para estas cidades geralmente cinzentas (sobretudo Buda), os telhados dão outra vida à cidade! ;)

Fê Costta disse...

Flora,

Além da Sacher Torte, a Apfelstrudel! Duas delícias doces da gastronomia local. ;)

bjks

Luffi disse...

Devia ser pecado falar da Sachertorte e não ter aqui nenhuma para provar. O palácio de Hofburg é um espetaculo visitou o seu interior?

Fê Costta disse...

Luffi,

O Hofburgo é lindo por fora!! Infelizmente não entrei para conferir as exposições. Se tiver ido, deixa as dicas aí pra gente! ;)

Bjs

Flávia disse...

Oi, Fê!
Estou conhecendo hoje seu blog (vi um link sobre as Maldivas no VnV) e estou amando!
Tenho férias na segunda quinzena de outubro e ainda não sei para onde vou...
Uma das opções é o leste europeu (Budapeste, Viena, Praga e Bratislava), mas estou com medo de duas coisas: 1- o clima (tenho medo de pegar muito frio lá nessa época) e 2- andanças (meu marido está com um probleminha de saúde e não é legal que ele tenha que "bater perna" demais na viagem). A viagem para o leste europeu tem muita andança para conhecer os pontos turísticos?
Ou você sugere algum outro lugar interessante para irmos nessa época (segunda quinzena de outubro)?
Desde já agradeço!
Flávia

Flávia disse...

Oi, Fê!
Estou conhecendo hoje seu blog (vi um link sobre as Maldivas no VnV) e estou amando!
Tenho férias na segunda quinzena de outubro e ainda não sei para onde vou...
Uma das opções é o leste europeu (Budapeste, Viena, Praga e Bratislava), mas estou com medo de duas coisas: 1- o clima (tenho medo de pegar muito frio lá nessa época) e 2- andanças (meu marido está com um probleminha de saúde e não é legal que ele tenha que "bater perna" demais na viagem). A viagem para o leste europeu tem muita andança para conhecer os pontos turísticos?
Ou você sugere algum outro lugar interessante para irmos nessa época (segunda quinzena de outubro)?
Desde já agradeço!
Flávia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...