Quanto dinheiro levar na viagem? Como levá-lo?

3 comments

Coleção Planejamento de Viagem - 7o passo

Quanto dinheiro levar na viagem?

Se você chegou até aqui é que muito provavelmente já está com boa parte da viagem paga, sobretudo aéreos e hotéis. Agora fica mais fácil estimar quanto dinheiro precisará levar para a sua viagem. Possivelmente também já tem o roteiro detalhado e tem idéia do que vai conhecer. (Se ainda não, veja aqui como fazer seu roteiro de viagem). O que faltou para ser pago na viagem então? Alimentação, transportes internos, entradas, etc.
Quanto à alimentação, no geral, você pode considerar USD 50 por dia (por pessoa) e caso seu estilo seja mais econômico, você pode considerar USD 25. Se comer sofisticadamente é sua premissa, reserve logo USD 100 a 150/ dia. Se o seu destino é algum lugar da Ásia, onde o custo de vida é menor (exceto no Japão, Korea, Hong Kong, Shangai,Taiwan, Singapura...), você pode considerar USD 30/ dia. Para os amantes das comidas de rua, USD 15 atende bem.  

Você precisa levar dinheiro também para entradas em atrativos turísticos, como museus, palácios, castelos, igrejas, parques, etc. Veja a sugestão:

·         Europa ocidental, Escandinávia, EUA, Canadá: USD 50/ dia

·         Leste europeu e eurásia: USD 30/ dia

·         Ásia A – Japão, Korea, Hong Kong, China,Taiwan, Singapura:  40/dia

·         Ásia B – Tailandia, Camboja, Vietnã, Mianmar, Índia: USD 20/ dia

·         África – USD 20/ dia

·         Argentina e Chile: USD 25/ dia

Lembre-se também que você deverá levar uma quantia para fazer os passeios tradicionais, por exemplo,  safári no deserto em Dubai; vôo de balão naCapadócia; passeio de barco no rio Nilo; visita aos parques de tulipa na Holanda; mergulho com tubarões brancos em Capetown, etc. Caso você não tenha conseguido saber o valor dos passeios ainda, considere levar uns USD 500 para fazê-los, uma vez que este tipo de passeio custa entre USD 50 – 150/ pessoa.

Para se locomover internamente, considere uns USD 15/ pessoa por dia. Se planejar andar de táxi, deverá considerar uma quantia maior.

Leve ainda uma quantia extra para as compras! Por mais frugal que seja o seu estilo, sempre haverá algo que poderá te interessar, nem que seja uma lembrancinha para alguém da família.

Pronto, agora você já sabe a quantia que precisa. Considere levar 50% a mais como segurança. Não há nada pior que ficar sem dinheiro num lugar distante e de língua diferente. Mas atenção, controle-se para usar esta quantia extra apenas numa emergência. O melhor é voltar para casa com ele intacto!


Como levar o dinheiro da viagem com o menor risco possível?

Para você não ser pego com excesso de dinheiro na cueca igual alguns políticos por aí ou correr o risco de ser roubado, você pode abusar do dinheiro de plástico. Sim, cartões de crédito, débito e travel moneys. Mas cuidado, nunca conte apenas com eles, pois muitas vezes poderão te deixar na mão. Já cansei de ter cartão bloqueado no exterior por um excesso de zelo da operadora, que  achava estranho compras em diferentes países num curto espaço de tempo (mesmo eu tendo ligado antecipadamente para avisar sobre a viagem!).

O ideal é fazer uma combinação entre as principais modalidades. Um pouco de cash, cartão de crédito débito e travel check.

Para o dinheiro em espécie eu faço uma conta assim:

·         Se a viagem é até 5 dias, levo USD 500
·         De 5 a 10 dias, levo USD 700
·         Acima de 10 levo USD 1000

Este é o dinheiro para ficar ali guardadinho e ser usado numa emergência. Prefiro sacar no caixa eletrônico, conhecido no exterior como “ATM”, mas fique atento para as taxas, que só valem a pena quando o saque é de no mínimo USD 200.


Os cartões de crédito tem que estar sempre à mão, desbloqueados e com os telefones da operadora em caso de uma emergência.

O Travel Money e o Visa Travel é o queridinho da vez. Prático e seguro, é um cartão de saque onde você deposita antecipadamente o dinheiro que usará durante a viagem (o que é maravilhoso, poder voltar da viagem e não ter fatura para pagar!). Durante a viagem, você saca em caixas eletrônicos já na moeda que tiver recarregado (dólar ou euro), mas infelizmente também tem taxação do IOF assim como nos cartões de crédito.  


Se for fazer câmbio no destino, procure fazer exchange em bancos, onde é mais confiável e a taxa é oficial. Aeroportos são bem mais caros, faça isso apenas numa emergência. Portinhas meia-boca que oferecem câmbio, nem pensar!

Lembre de levar um dinheirinho trocado em dólar ou euro para pagar uma eventual despesa no aeroporto ou mesmo o táxi, caso enfrente problemas em sacar/ trocar o dinheiro.

E a última dica: Leve seu dinheiro em espécie sempre consigo naquelas bolsinhas que ficam dentro da calça. Cofre de hotel pode ser seguro ou não. Você vai pagar para ver? O problema é que o hotel não em geral não se responsabiliza por qualquer furto/ roubo/ reclamação, logo, quem vai pagar o pato é o turista...




Viaje melhor
10 passos para planejar sua viagem:
Veja +
Porque viajar?
É possível viajar o mundo todo?

Dicas de Viagem de mais de 60 países


Atenção:
Não é permitida a reprodução total ou parcial dos textos. Site protegido com direitos autorais. Copiar é crime. 

3 comentários:

Anônimo disse...

Ηi! I've been reading your website for some time now and finally got the courage to go ahead and give you a shout out from Porter Tx! Just wanted to say keep up the fantastic job!

Here is my website; www.irvingtxcabbie.com

Kellen Bittencourt disse...

Fê, estava olhando todas as postagens desta série, e pensei que vc podia lançar um produto com tudo isso, tipo um manual mesmo, como existe no Tripadvisor e em outros blogs, está show todas essas dicas! Admiro a forma como vc consegue detalhar tudo! Bjoooosss

Anônimo disse...

Dizem que as vezes na imigração dependendo do caso, eles pedem para ver seu dinheiro, certo? Nesse caso, poderíamos apresentar os cartãos, mas como eles iriam checar? Ou seria melhor levar de fato uma quantia boa para mostrar caso perguntem? Obrigado desde já

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...