Agra: Forte Vermelho

14 comments

Como uma legítima cidade de imperadores, Agra não poderia deixar de ter um forte-palácio para abrigar a realeza. E assim, fora erguido em 1565 o Forte Agra, também conhecido como Forte Vermelho, sede dos governos mais poderosos da era Mughal, como o de Akbar, Jahangir e Shah Jahan.




Construído em pedra arenosa rosada, sofreu influências dos três imperadores, cada uma ao seu estilo. Na época de Akbar era apenas um centro militar, foi Jahangir que o expandiu e Shah Jahan quem o completou, tendo sido responsável também pelo toque artístico com as incrustações em pietra dura precursoras ao Taj Mahal, também de sua autoria.



O trabalho minucioso na pedra impressiona! Paredes, fachadas e mesmo meros detalhes ganham vida (e que vida!) com a arte de entalhar, seja no mármore, no granito ou na pedra arenosa. Magnífico, confira:


O complexo do Agra Fort é tombado pela Unesco como patrimônio artístico-cultural mundial e compreende, além do forte em si, palácios, halls, varandas, torres de observação, mesquita e praça. A visita pode ser feita diariamente, do amanhecer ao entardecer e o ingresso custa apenas 50 Rúpias, o equivalente a USD 1.00.

Veja todos os posts com dicas de viagem para a Índia:

Índia, ainda bem que eu fui!
Taj Mahal - uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno
Agra Fort - a prisão do imperador Shah Jahan
Fatehpur Sikri - a cidade fantasma
Jaipur - a cidade rosa
Jaipur - os palácios dos marajás
Jaipur - o observatório Jantar Mantar
Amber e seus fortes
Índia, devo ou não ir?

Aproveite para inserir no roteiro para a Índia algum país da vizinhança:
Nepal: Katmandu, Himalaias, Monte Everest e muito mais!
Sri Lanka: Surpreendente! Belas praias, história e ótima aventura!
Maldivas: o verdadeiro paraíso na Terra, as praias mais belas do mundo!

Veja também outros países da Ásia.

14 comentários:

Camila disse...

Eu fico impressionada com o detalhismo dessas construções! Parece que cada mínimo lugar, até aqueles em que ninguém prestaria atenção normalmente, ganham um novo significado. Como você disse, ganham vida! E tudo isso por um dólar??? Adorei! :)

Beijos!

Fê Costta disse...

Uai Camila, vc também não está vendo a final da copa?? Acho que só nós duas... rs

Pois é, incrível a riqueza de detalhes e mais incrível ainda é o investimento para ver tudo isso! Só 1 dólar!!! O ingresso do Taj Mahal custa 15x isso... Poderia ser até 100x que as pessoas iam pagar do mesmo jeito, né?! Ainda bem que os demais atrativos não seguem esta regra de super valorização. rs :)

E vc, já mudou?

Bjs

Brenda Tavares disse...

Fe que lindo!! Vc esta aumentando a minha vontade de ir pra essas bandas...
E ai pra onde vai depois?
Qdo volta ao Brasil?

Camila disse...

hahaha A tv até tá ligada, mas esse jogo não me interessa muito. Não tenho preferência por nenhum dos times.

Hoje estou em BH, mas fui pra Campo Belo há duas semanas. Ainda estou em um hotel. A cidade é bem pequena, mas bonitinha, com um comércio até bom. Assim que eu tiver tempo para explorar mmelhor a região, vou colocar alguma coisa no blog.

Beijos!

Fê Costta disse...

Oi Brenda!!

...e vc me aumentando a vontade de voltar no Egito! Adorei Gizé à noite!! Deve ser mesmo lindo aquele espetáculo!

A próxima vai ser para a Grécia. Vc já foi lá? Estou colhendo dicas... :)

Bjos!

Fê Costta disse...

Que legal, quero ver sim! Já te dei a dica de Guapé? É pertinho de Campo Belo e está às margens de Furnas, com canyons lindos! Não deixa de visitar e tirar muitas fotos! :)

Bjos

Brenda Tavares disse...

Ainda não fui a Grécia. Nem está na lista, por enquanto, porque os amigos aqui não são muito chegados, os que já foram também dizem que aqui é melhor (vai saber se é patriotismo ou verdade). Estamos catando um cruzeiro pelo norte da Europa, dizem que é estupendo!
E você, volte ao Egito, vá aos Nubianos e a Giza à noite.
Bjo!

Fê Costta disse...

Nossa Brenda, sempre imaginei que os italianos fossem loucos com a Grécia! rsrs

Tem um roteiro clássico para o norte da Europa, saindo de Kopenhagen e passando por Stockolmo, Helsinki, St Petersburgo, Tallin e Riga. A região é mesmo belíssima e de todas estas aí citadas só não conheço as duas primeiras. O resto já estive e garanto, vale mesmo à pena! Atente para a época do ano, lá em geral é muito frio, sobretudo o mar Báltico. Estive no início de outubro e cheguei a pegar até 6 graus! Para mim que vive num deserto, foi simplesmente congelante... rs

Bjs

Matheus Vieira disse...

Amei essa perfeição nos detalhes, é realmente impressionante!

Silvia Oliveira | Matraqueando disse...

Oi Fê! Há mais de um mês você me perguntou lá no Matraqueando qual lente eu uso... e só agora eu vi que não havia respondido ainda para você. Eu não uso lente nenhuma: minha máquina é uma automatiquinha Lumix! :-)

Fê Costta disse...

Matheus, não tem um cantinho na parede que escapa: tudo é minuciosamente talhado no granito. Um trabalho realmente esplêndido!
:)

Fê Costta disse...

Sílvia, como assim uma automaquininha Lumix?? As fotos estão incríveis, parece uma uma SLR com lentes mega profissionais!! :)

Claudia Liechavicius disse...

India está me cativando... Estou entre Bali, Índia e Maldivas para o próxima parada. Oh dúvida cruel!?
Bjs
Claudia

Fê Costta disse...

Cláudia,

Não tem dúvida! Claro que é Maldivas! :))) Sonho de consumo de qualquer ser humano! ;)

Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...