Budapeste - A magia dos Magiares

13 comments



Magnífica, charmosa, imponente. No sentido contrário, diria sombria, seca e decadente. Budapeste é tudo isso, resultado de quase dois mil anos de disputas entre povos diversos, que construíram, destruíram e reergueram aquela que seria a principal capital do leste europeu. Ficou o legado dos romanos, mongóis, lombardos, magiares, turcos e germânicos... Uma verdadeira colcha de retalhos, um quebra-cabeça, um enigma histórico-cultural responsável por fazer deste, um destino tão interessante! 

Dona de um idioma considerado impronunciável, Budapeste é na verdade a junção de duas cidades, Buda e Peste, de identidades diferentes e sediadas em margens opostas do rio Danúbio. Pela proximidade física, seria natural a união de ambas, fato que aconteceu oficialmente no século XIX após a construção da Ponte das Correntes, que ligava a margem leste a oeste do Danúbio.



Todo glamour dos tempos áureos do Império Austro-Húngaro se desintegraram após a queda do regime no século XX e o comunismo (e também o terror) colapsaram o país. A Hungria reapareceu no século XXI renovada, mas ainda nitidamente magoada e ressentida. Hoje, o luxo e a opulência contrastam com os resquícios da guerra, com fachadas perfuradas de balas, edificações decadentes, lixo urbano. Seja boa ou seja ruim, o resultado da história ficou positivamente estampado na cidade. No que tange ao povo húngaro, ainda que à primeira vista mal educado, pode até ser interessante, mas exige bom humor de quem o visita.

Em meio a tantos contratempos, a cidade dos magiares está mais bela do que nunca. Arte, cultura, arquitetura, gastronomia e ricas tradições fazem da capital da Hungria um convite irrecusável. Prepare-se para ver (e babar) por Buda & Peste, nos próximos posts!


O belo dourado do Palácio de Buda não permitiu que fosse transformado em P&B
Mais dicas de turismo e viagens pela Hungria e sobretudo Budapeste, acompanhe nos próximos posts.

13 comentários:

Brenda Tavares disse...

Marido esteve em Budapest, nao gostou muito.. eu ainda nao fui entao prefiro nao achar nada!
A foto noturna em P&B ta show!
To so na expectativa dos posts da sua ultima passagem pelas bandas de ca...

Fê Costta disse...

Ei Brenda!

As bandas daí ainda vão demorar um pouquinho... depois que terminar este restinho do leste europeu vai entrar no ar a Tailândia! ;) Mas nem por isso deixo de sonhar com sua bela e doce Itália... Ah, Dio mio! ;)

Baci!

Margarida Nobre disse...



Ficaram lindas as fotos a preto e branco!
Budapeste é uma cidade única...mais para viajantes do que para turistas!
Fico á espera dos próximos posts...
Bjo

Dylan disse...

Belo ensaio numa bela cidade magiar!

Fê Costta disse...

Olá Dylan!

Obrigada pela visitinha! ;)

Fê Costta disse...

Ei Margarida!!

Concordo plenamente!

Bjo

Gisele Senhorin disse...

Oi Fê

Gostaria de te pedir uma ajuda de roteiro, iremos fazer um cruzeiro transatlântico em abril, sendo Veneza a última parada no dia 17, e meu namorado inscreveu-se em um Congresso em Budapeste que será de 27 a 30 de abril, sendo que reservamos hotel a partir do dia 26, sendo assim ficamos com o período de 19 a 25 de abril livres para algum roteiro diferente (pois ficaremos 2 dias em Veneza, embora já a conheçamos), então queria saber se vc pode nos dar alguma dica de onde ir.......sendo que tb já fomos à Praga (amei demaaiiisss), e Viena. Também gostaria de saber se vc conhece algum brasileiro(a) morando em Budapeste, para eu entrar em contato, já que meu namorado estará em função do congresso. Só para saberes um pouquinho mais sobre mim, tenho 33 anos e sou farmacêutica, moro no Sul do Brasil.
Grande abraço!!!!!

Fê Costta disse...

Olá Gisele!!

Com 6 dias dá para fazer muita coisa legal pelas redondezas!

Bem, tenho duas sugestões para vc, uma perto de Veneza e a outra de Budapeste.

Saindo de Veneza, sugiro vc ir até a Suiça e fazer um grand tour por Genebra, Zurique, Lucerna, St Moritz e Zermatt. Veja um exemplo de roteiro: http://www.switzerlandtours.net/grand-tour-switzerland.html

Já mais próximo de Budapeste, sugiro vc ir até a Romênia e desbravar as belezas da Transilvânia, a terra do Conde Drácula! Brasov, Timissoara e Sibiu são cidades lindinhas, que valem uma visita. Lá vc ainda vai encontar o lindo Castelo de Peles, onde morou o famoso vampiro e também os belos mosteiros de Bucovina. Veja sugestão de roteiro na romênia: http://www.romaniatravelcentre.com/tours/Bucovina.aspx

Espero ter ajudado! ;)

Depois conta pra gente como foi a viagem!

Bjos!

Gisele disse...

Oi Fê

Muito obrigada pelas dicas, vou pesquisar sobre os lugares que indicaste, com certeza são maravilhosos!!!!!
Ouvi falarem muito bem de Salzburg e Innsbruck, que ficariam no caminho entre Veneza e Budapeste, e também da Bratislava, o que vc acha dessas cidades?

Grande beijo e "brigadão", amei receber tua resposta!!!!

Gisele

Fê Costta disse...

Não está tão no caminho entre Veneza e Budapeste não. Vc vai ter que fazer um desvio grande. Se for à estas duas cidades, vá também à Munique, que está pertinho e aproveite para visitar o belíssimo castelo Newshwanstein, que é o símbolo da Alemanha.

Bratislava está no caminho, mas 2 dias são mais do que suficientes para ficar na cidade. Veja o post sobre ela: http://www.viaggio-mondo.com/2010/12/eslovaquia-bratislva.html

Abs

Gisele disse...

Oi Fê

Mais uma vez, muito obrigado pelas dicas!!!!!
Grande abraço!!!!

Manu disse...

Fê, esqueci de comentar que a apresentação da tese vai ser em novembro. Vou pra Holanda finalizar isso e de lá passo em Budapeste e Praga!!! ADO-REI ter passado aqui antes e ler as dicas.

Bjoss

Daniela Dias Ortega disse...

AMEI BUDAPESTE, estive há alguns meses,
é incrível incrível. Majestosa, barata, cheia de história e coisas interessantes, uma língua muito bonita e gente simpática :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...