Ramadan

2 comments

Ramadan é o mês sagrado dos muçulmanos, foi quando o Alcorão foi revelado por Maomé. Sua principal característica é a abstinência de sólidos e líquidos entre o nascer e o pôr do sol. Em países onde o islamismo é a religião oficial, o jejum é obrigatório - ou ao menos tentam forçá-lo. Assim, é proibído fazer refeições em público durante a luz do dia, seja de qual religião, credo ou nacionalidade for. 



Dubai, por mais cosmopolita e internacional que seja, abraça a causa durante o Ramadan e não só proibe refeições em público como também a ingestão de qualquer bebida - mesmo água no calor de 50 graus!! Mascar chicletes, fumar, demonstrações de afeto em público também são proibidos e podem dar multa ou mesmo prisão

Para nós ocidentais, tal comportamento soa bastante estranho, mas trata-se de uma tradição que se estende por quase 1500 anos, desde que o profeta Maomé instaurou que deveria ser assim. E Dubai quer manter este elo de ligação entre o antigo e o novo. Outros países, nem tanto. Marrocos e Turquia não forçam o jejum, afinal, são países onde o turismo conta como relevante entrada de divisas e fomento da economia. A tradição cedeu lugar ao capitalismo

Durante Ramadan, mulheres rezam à noite em Abu Dhabi

Se o jejum é tido como penitência, a quebra dele quando o sol se põe é motivo de celebração, é o chamado Iftar. É como se fosse uma ceia de natal, entretanto, não dura apenas uma noite. Ocorre em todas as noites do mês do Ramadan. Nestas noites, as famílias árabes se juntam para desfrutar um verdadeiro banquete, devido a variedade de pratos e fartura de comida. O banquete não é só para conhecidos. É comum ver na porta das casas dos locais no bairro de Jumeirah em Dubai, as tendas com os sofás árabes tradicionais de listras vermelhas para que todas as pessoas que passam pelas ruas possam desfrutar da comilança. É um mês para se fazer caridades e dividir com o próximo. Há ainda troca de presentes, distribuição de doces para as crianças, shisha & narguilê, muito chá e assim se divertem até altas horas da noite. Esse é o ritual, todas as noites, durante 29 dias!

Típico set up para desfrutar o Iftar em frente as casas de locais em Jumeirah

Você pode imaginar o altíssimo consumo de alimentos nesta época do ano, pois embora as pessoas façam jejum durante o dia, à noite cozinham para um número 5 vezes maior que o habitual. Do ponto de vista de negócios, é a melhor época para o varejo e os supermercados fazem, literalmente, a festa!

Tradicional banquete de Ramadan - chamado de Iftar

Restaurantes e hotéis também sabem bem aproveitar a oportunidade comercial da época e oferecem Iftares espetaculares. Em Dubai a oferta é gigantesca e vale à pena desfrutar os banquestes nos hotéis mais tradicionais. Sugiro Atlantis, Burj Al Arab, Jumeirah Beach Hotel e Address Dubai. 


Depois desta comilança toda durante a noite, o muçulmano dorme pouco, acorda antes do sol nascer para ter um reforçado café da manhã e assim, aguentar firme o jejum até a noite chegar.

O calendário utilizado no islamismo é o lunar, menor que o gregoriano em torno de 11 dias. Assim, o Ramadan não é um mês fixo e a cada ano que passa, ele antecipa sua chegada em 11 dias. É preciso 33 anos para ele repetir a mesma data. Nos últimos anos e nos próximos também, o Ramadan acontece no verão, o que amplia o sofrimento do muçulmano, já que os dias são mais longos, sendo preciso acordar antes das 4 da manhã para ter a primeira refeição e esperar até 7:30 da noite para poder comer novamente.

Mas, porque no século XXI as pessoas ainda se deixam levar por tradições religiosas com tanta penitência? Segundo o Alcorão, o livro sagrado dos muçulmanos, jejuar durante o Ramadan é um dos pilares da religião e amplia a chance do indivíduo ser aceito no paraíso após a morte. Existem muçulmanos que não jejuam, mas não declaram isso de forma alguma. É totalmente condenado pela religião muçulmana.  



Veja +
A espetacular Mesquita de Abu Dhabi
A poderosa Dubai
Jardim Encantado: Dubai Miracle Garden
Deserto Safári

2 comentários:

Marcela disse...

Nossa Fê, pela primeira vez posso dizer que realmente entendi o que é O Ramadan! Muito obrigada pela excelente e detalhada explicação!
Beijos!!

seguroviagemideal disse...

Muito bom o seu post! Ótimo conteúdo sobre viagens. Estamos com um novo site que indica os melhores preços de assistência de viagem www.seguroviagemideal.com.br

Aguardamos sua visita.

Obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...